Prêmio Aplauso Brasil anuncia indicados

Foram anunciadas ontem as indicações do primeiro semestre ao Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Nosso espetáculo, “Mississipi”, concorre em três categorias: Espetáculo de Grupo, Ator (Ivam Cabral) e Ator Coadjuvante (Fábio Penna). 

Ainda dentre os indicados,  está a Associação dos Artistas Amigos da Praça – Adaap, gestora do projeto SP Escola de Teatro, pelo “modelo inovador de gestão cultural praticando a inclusão, democracia e união no fazer artístico”.

As indicações do Aplauso Brasil são realizadas por uma comissão técnica e, através da internet, pelo público. O júri técnico do prêmio é formado por Hélio Souto, Júlio César Dória, Kyra Piscitelli e Teca Spera, sob coordenação de Michel Fernandes.

Confira todos os indicados do primeiro semestre ao 8º Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em dezembro, serão anunciados os nomes do segundo semestre, que fecham a lista dos melhores de 2019.

— Espetáculo de Grupo:
“(In)Justiça”, Cia. de Teatro Heliópolis
“Kintsugi, 100 Memórias”, Lume Teatro
“Mississipi”, Os Satyros

— Espetáculo Independente:
“Condomínio Visniec”, SM Arte e Cultura
“Ícaro”,  Luciano Mallmann
“Tom na Fazenda”, ABGV produções Artísticas

— Musical:
“As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão”, Velloni Produções Artísticas e Sesi-SP
“Gota D’Água {Preta}”, Gira pro Sol Produções
“Sunset Boulevard, o Musical”, IMM Esporte e Entretenimento e Stephanie Mayorkis

— Ator:
Armando Babaioff por “Tom na Fazenda”
Ivam Cabral por “Mississipi”
Luciano Mallmann por “Ícaro”

— Atriz:
Debora Lamm por “A Ponte”
Lara Córdulla por “Dolores”
Marisa Orth por “Sunset Boulevard, o Musical”

— Ator Coadjuvante:
Beto Sargentelli por “Billy Elliot, o Musical”
Fábio Penna por “Mississipi”
Gustavo Vaz por “Tom na Fazenda”

— Atriz Coadjuvante:
Kelzy Ecard por “Tom na Fazenda”
Luiza Curvo por “Mãe Coragem”
Nicole Cordery por “Nunca Fomos tão Felizes”

— Elenco:
Ana Clara Fischer, Felipe Souza, Mônica Rosseto, Rafael Levecki, Rogério Percore, Suzana Muniz por “Condomínio Visniec”
Eduardo Semerjian, João Bourbonnais, Louise Helène e Luciana Ramanzini por “A Vida Útil de Todas as Coisas”
Luciano Andrey  e Tania Bondezan por “A Golondrina”

— Direção:
Cácia Goulart por “De Volta a Reims”
Clara Carvalho por “Condomínio Visniec”
José Roberto Jardim por “A Desumanização”

— Dramaturgia:
Anderson Moreira Sales por “57 minutos – O Tempo que Dura Esta Peça”
Luciano Mallmann por “Ícaro”
Pedro Kosovski  por “Kintsugi, 100 Memórias”

— Arquitetura Cênica:
Daniela Thomas e Felipe Tassara por “Fim”
Matt Kinley por “Sunset Boulevard, o Musical”
Michael Carnahan por “Billy Elliot, o Musical”

— Dramaturgia Sonora:
Fernanda Maia e Newton Moreno por “As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão”
Juh Vieira por “Transamazônica”
Marcelo Pellegrini por “A Desumanização”

— Iluminação:
Cesar Pivetti e Vania Jaconis por “Dolores” 
Tomás Ribas por “Tom na Fazenda”
Wagner Pinto por “Condomínio Visniec” 

— Figurino:
Fause Haten por “Sunset Boulevard”
Fernando Vilela e Thais Sakuma por “Distopia Brasil”
Marichilene Artisevskis por “Condomínio Visniec”

— Espetáculo Infanto-Juvenil:
“Escondida”, direção: Cristiana Ceschi
“História do Brasil”, direção: Alexandra Golik
“Vamos Comprar um Poeta”, direção: Duda Maia

 — Destaque:
– André Grynwask e Pri Argoud – Pelo trabalho de videografismo e videomapping que potencializou a estética do espetáculo “A Desumanização”
– Associação dos amigos da praça – pelo modelo inovador de gestão cultural praticando a inclusão, democracia e união no fazer artístico 
– Oficina Cultural Oswald de Andrade – pelo fomento da arte em São Paulo reconhecido pela classe artística e público como um equipamento acessível a todos

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 694

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo