O dia em que o Paulo Autran me chamou de gênio

Publico por três razões. A primeira porque Paulo, além de amigo querido, era um dos homens mais generosos que eu conheci nesta vida.

Segundo porque não é todo dia que você recebe um elogio desses. Mesmo que venha do túnel do tempo, há mais de 14 anos.
A última, pra dizer que tenho acompanhado a carreira desse jornalista incrível que é o Matheus Pichonelli, que estava em início de carreira quando escreveu este texto.

+ fonte: Folha Online, 5 de outubro de 2007
Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1255

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo