A FAMÍLIA QUE SE ESCOLHE

Na escada: Vicente de Freitas, Cléo De Páris, Ivam Cabral, Angela Coelho da Fonseca, Erika Riedel; embaixo: Soninha Francine, Rachel Rocha, Contardo Caligaris, Lauro César Muniz, Maristela Mafei, Sergio Campanelli e Samuel Leon - foto: Dinovan Dumas

E já que o clima é de reflexões, começo a pensar nos tantos amigos de jornada. 2011, neste sentido, foi intenso. Mais do que rever ou encontrar pessoas, o tom foi de descoberta. Foi sim, um ano de muito trabalho, mas foi também um ano de aprendizado.

Um ano repleto de reuniões, de números, de planos e de projetos. Um ano de ideias. Um ano de compartilhar. Compartilhar principalmente as dúvidas. Um ano de ressignificar.

Seria impossível nominar todas as pessoas que cruzaram meu caminho esse ano. Só na SP Escola de Teatro foram mais de 1.000 artistas. No Facebook, 5 mil amigos. Nos Satyros, outras centenas. Nem todos receberam, infelizmente, a atenção que mereciam, porque foi também um ano de tempos curtos.

Mas hoje eu não quero falar do tempo, nem da falta dele. Quero falar de sonhos compartilhados e realizados. Quero dizer que quando me encho de orgulho por lançarmos nesse mundão de Deus nossa primeira turma de aprendizes preciso lembrar que o êxito e o mérito desse projeto não são conquistas minhas. São feitos de muitos, de uma equipe de criativos que ajudou a pensar e vive comigo o cotidiano da Escola e, principalmente, de nosso Conselho, composto por pessoas que dedicam seu tempo, conhecimento e influência ao projeto da SP Escola de Teatro.

Contardo Calligaris, presidente do Conselho de Administração, psicanalista, autor e dramaturgo; Soninha Francine, presidente do Conselho Fiscal, jornalista, foi vereadora em São Paulo e subprefeita da Lapa; Rachel Rocha, vice-presidente do Conselho de Administração, advogada e vice-presidente da Comissão da Diversidade Sexual e Combate à Homofobia da OAB/SP; Angela Coelho da Fonseca, estilista e empresária de sucesso;  Lauro César Muniz, dramaturgo e autor reconhecidos; Leandro Knopfholz, um dos criadores e diretor geral do Festival de Teatro de Curitiba; Samuel Leon, empresário e editor da Iluminuras; Sérgio Campanelli, sócio da MCR, uma das produtoras de som mais premiadas do Brasil; Vilma Eid, diretora da Galeria Estação; Maristela Mafei, empresária, sócia-fundadora do Grupo Máquina da Notícia; Vicente de Freitas, gerente de publicidade dos segmentos cultural e educacional da Folha de S.Paulo; e Cléo De Páris, jornalista, atriz e coordenadora do Programa Kairós da SP Escola de Teatro.

Com eles, reuni-me inúmeras vezes durante este ano. E discutimos incansavelmente os caminhos da SP. Essas pessoas, que eu já conhecia e admirava –  alguns, é bem verdade, à distância – , tornaram-se mais próximas e é uma honra encontrar-me aqui, agora, ao lado delas neste projeto que nunca perde o fôlego. Tenho muito orgulho de fazer parte dessa família, que escolhi e pela qual fui acolhido com amor.

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1077

2 comentários em “A FAMÍLIA QUE SE ESCOLHE

Deixe uma resposta para Ivam Cabral Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo