Todos os Sonhos do Mundo no 13º Niterói em Cena

Para celebrar 30 anos de carreira, o ator e dramaturgo Ivam Cabral leva à cena seu solo/recital, que estreou em 2019, no qual mescla relatos sobre sua formação pessoal e artística, sua origem em Ribeirão Claro (pequena cidade da região norte do Paraná) e suas andanças pelo mundo com sua companhia, Os Satyros. O cerne do trabalho é calcado no processo de depressão que Ivam Cabral viveu a partir de 1999, quando foi diagnosticado bipolar. A estrutura cênica é simples: um palco digital vazio; um ator desprovido de figurinos ou adereços; um diálogo direto com o público.

A estrutura dramatúrgica de “Todos os Sonhos do Mundo” parte de “O demônio do meio-dia – Uma anatomia da depressão”, de Andrew Solomon, obra-chave para o estudo e compreensão do transtorno, eleito um dos cem melhores livros da década de 2000 pelo jornal britânico The Times.

Ficha técnica

Concepção: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Direção: Rodolfo García Vázquez

Atuação: Ivam Cabral

Produção: Os Satyros

 

Fonte: Niteroi em Cena

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1255

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo