NO ANIVERSÁRIO DE SÃO PAULO, VEJA CINCO SUGESTÕES PELA CIDADE

por Bruna Ferreira, do R7

Teatro combina com São Paulo. Para comemorar o aniversário da cidade, o blog lista algumas opções de peças que vão rolar nesta sexta-feira (25) e no fim de semana. Tem opções para todos os tipos de gostos e bolsos. Depois de ver o espetáculo, dê uma passadinha aqui no blog e compartilhe o que achou com os outros internautas!

São Paulo é cheia de encontros como em A Partilha
Quatro irmãs se encontram no velório da mãe e precisam decidir o que fazer com a herança. Com Susana Vieira, Arlette Salles, Patricya Travassos e Thereza Piffer, o público vai se divertir com personagens tão diferentes umas das outras, que juntas relembram o passado e as relações familiares. Um espetáculo que já tem duas décadas, com texto e direção de Miguel Falabella, que narra uma jornada engraçada e emocionante.

São Paulo combina com a crítica de Afogando em Terra Firme
Vivemos em uma sociedade em que todos querem seus 15 minutos de fama e querem o sucesso com pouco ou nenhum talento. O culto à celebridade é questionado quando Charlie Conrad vira o nome mais aclamado do momento por ser, aparentemente, um completo fracasso. Dá para ser tão enaltecido, sendo assim tão banal? A comédia é do dramaturgo inglês Alan Ayckbourn com direção de Eduardo Muniz, que estudou texto com o autor em 2011.

São Paulo são as inquietações de Ensaio Sobre a Queda
Um homem à beira da morte vai lavar a roupa suja de sua vida com a mulher, os amigos e um suposto filho. O bibliotecário tem ainda uma trágica história envolvendo os pais, mostrando que a vida é uma grande queda. O espetáculo perturbador e crítico tem texto de Carlos Canhameiro e direção de Marcelo Lazzaratto. Na peça, os personagens falam sobre plataformas de diferentes tamanhos. Reestreia da Sala Jardel Filho.

São Paulo tem a irreverência de Frisante
A peça é encenada em um casarão com o público interagindo com os atores. Está acontecendo uma festa onde será feita a leitura surpresa do testamento da família Olimpo. Sara e André são os únicos herdeiros, mas Sara morre de forma misteriosa. A ambição transforma todos em suspeitos. O espetáculo é uma comédia policial encarada pelo Grupo Gattu, com texto de Tito Sianini e direção de Eloísa Vitz.

Existe amor em SP assim como em Inferno na Paisagem Belga

A paixão passa pelas estruturas brutas propostas por Descartes.

O espetáculo fala da relação entre os poetas franceses Paul Verlaine e Arthur Rimbaud, que tiveram as obras influenciadas pelo intenso romance que viveram após se conhecerem em Paris. Com direção de Rodolfo García Vásquez, a paixão passa pelas estruturas brutas propostas por Descartes: admiração, desejo, amor, alegria, ódio e tristeza. Tudo imerso em muita poesia.

Fonte: R7, 25 de janeiro de 2013.

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 822

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo