Motown: a gravadora que revelou uma cultura 

Em 1959, o compositor afro-americano Berry Gordy Jr., de Detroit – conhecida como a cidade dos motores –, tinha 30 anos e um sonho: criar uma gravadora que caminhasse no contra-fluxo das grandes companhias fonográficas, principalmente no sentido de investigar novos sons e experimentações. 

Com 800 dólares emprestados de sua família, Berry criou a Tamla, que marcaria o nascimento da Motown Records Corporation, a mais impressionante gravadora de música do planeta, responsável por revelar ao mundo artistas como Michael Jackson, Stevie Wonder, Marvin Gaye, Diana Ross, The Supremes, entre outros.

A partir daí, o som da Motown – primeira produtora gerida por negros e trabalhando exclusivamente com artistas afro-americanos –, se tornaria característico e um dos projetos mais importantes da música independente no mundo, recebido com entusiasmo por várias gerações. 

Primeira gravadora a lançar músicas com temáticas sócio-políticas, especialmente em relação ao racismo, a Motown Records é o projeto mais importante da música de artistas negros da história, que revelou toda uma cultura misturando soul music, música gospel, R&B e funk. 

É bem interessante o processo de criação da Motown, que teve uma missão bastante importante, principalmente em seus primeiros anos. Berry Gordy exigia que seus artistas frequentassem aulas de canto e de corpo e acompanhava todo o processo de produção de seus discos, sempre com belos e elaborados arranjos, e com corais afinados ao fundo.  

No ano passado, em comemoração aos 60 anos de sua fundação, aconteceram vários eventos pelo mundo todo, inclusive uma série de animação, “Motown Magic”, produzida pela Netflix, já em segunda temporada.

Mas o grande presente da Motown – selo hoje ligado à Universal Music – é o lançamento do álbum histórico “Greatest Hits”, com 60 faixas e os grandes destaques da trajetória da gravadora. Disponível em formatos digitais e físico, com três CDs, traz sucessos de Temptations, Four Tops, Marvin Gaye, The Jackson Five, Lionel Richie e Stevie Wonder, Diana Ross. O projeto também foi lançado em vinil, em dois LPs, com menos faixas; e está disponível em versão digital nas plataformas Spotify e Deezer.

 

“Motown, Greatest Hits”
Universal Music
* em CD, vinil e nas plataformas Spotify e Deezer

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1077

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo