ESPECIAL: Os melhores da TV em 2019 (até agora)

O Twitter é o melhor lugar do planeta para se assistir televisão. É lá que a moçada adora interagir com a telinha. Nada passa batido pelo olhar do tuiteiro, que vê tudo e que percebe tudo. Sucesso no Twitter é garantia do que vai cair na boca do povo, fora das redes, na vida real.

Quis saber dos perfis mais sacudidos o que eles estão achando desta temporada 2019 da televisão. Perguntei sobre atores, atrizes, dramaturgos, programas ou apresentadores que se revelaram neste ano. Não precisaria, necessariamente, ser em primeiro trabalho. Poderia ser, por exemplo, uma atriz ou um ator que, apesar de anos de trabalho, por algum motivo, nos surpreendeu.

Monica Iozzi, segundo Celso Dossi, a revelação do ano por “A Dona do Pedaço”

A primeira surpresa foi ouvir que alguns deles estão abandonando a TV aberta. O roteirista e colunista Celso Dossi (@celsodossi) disse que só anda assistindo a séries e filmes, mas aponta Monica Iozzi, no ar com “A Dona do Pedaço”, da Globo, como a grande surpresa do ano. Dossi também destaca o ator Renato Goes, de “Órfãos da Terra”, Globo, como revelação.

Para o crítico Nilson Xavier (@Teledramaturgia), do site Teledramaturgia e da Associação Paulista dos Críticos de Arte – APCA, a jovem atriz Dandara Mariana, de “Verão 90”, outra produção da TV Globo, roubou os holofotes neste ano. Mas aponta que houve “excelentes atuações de atores já conhecidos ou veteranos, como Grazi Massafera e Antonio Fagundes, em ‘Bom Sucesso’”, mais uma produção global.

O jovem Davi Campolongo é, para Ricardo Feltrin, a revelação de 2019

Ricardo Feltrin (@feltrinoficial), crítico do UOL, disse que só conseguia pensar em um nome, o do garoto Davi Campolongo, que interpretou João Carlos Martins no cinema e trabalha atualmente no SBT, em “As Aventuras de Poliana”. Segundo Feltrin, “o que impressiona é que além de atuar, o ator está progredindo incrivelmente como pianista”.

A jornalista Vera Magalhães (@veramagalhaes), colunista do jornal O Estado de S.Paulo e da Rádio Jovem Pan e editora do site BR Político, também disse que não tem visto muito televisão nos últimos tempos, mas se lembrou da atriz Carol Duarte que esteve em “O Sétimo Guardião” e na série “Segunda Chamada”, ambas da Globo. Nos cinemas, Carol ainda brilhou no longa “A Vida Invisível de Eurídice Gusmão”, de Karim Aïnouz.

A crítica Edianez Parente (@edianez), também da APCA, teve um olhar mais abrangente. Segundo ela, Leandro Hassum foi a grata surpresa à frente do “Tá Pago”, no canal TNT. Outro apresentador destacado por Edianez é Fábio Porchat, que depois da fase do talk show com a velha fórmula batida do convidado no sofá voltou à TV paga com “Que História É Essa, Porchat?”.

Dandara Mariana: revelação do ano, segundo o crítico Nilson Xavier

Edianez Parente também destaca a atriz Marjorie Estiano, da série “Sob Pressão”, apontando que nesta temporada de 2019, a atriz “superou a própria excelência no papel”. Ainda segundo Edianez, o melhor ator do ano é Antonio Fagundes, de “Bom Sucesso”.

“Segunda Chamada”, a nova série da Globo, produzida pela O2 Filmes, em apenas três episódios, foi destacada a série do ano por Edianez; que elencou, também, os programas “Choque de Cultura”, da Globo, “Drag Me as a Queen”, do canal E! Entertainment, e “Cultura, o Musical”, da TV Cultura, como destaques do ano.

As novelas “Órfãos da Terra” e “Bom Sucesso”, ambas da Globo, também foram destacadas por Edianez. Sobre “Órfãos da Terra”, a crítica aponta que a novela teve destaque por “trazer à tona a questão de refugiados de países em guerra, bem como tratar de forma delicada a questão religiosa que divide árabes e judeus”. De “Bom Sucesso”, a crítica diz que a novela “conta com ótimos texto e ritmo”.

Antonio Fagundes e Grazi Massafera: os atores do ano segundo Nilson Xavier; e Fagundes, melhor ator, na opinião de Edianez Parente

Também fomos ouvir Cristina Padiglione (@Padig), crítica da Folha de S.Paulo. Para ela, um ator que não surgiu neste ano, mas ganhou o devido destaque, foi Xande Valois, que está na primeira fase de “Éramos Seis” e esteve na minissérie “Se eu Fechar os Olhos Agora”.

Cristina também lembra o ator Raphael Logan, que concorre a uma vaga no Emmy Internacional, como melhor ator pela série “Impuros”, da FOX, protagonizada por ele, que também atua na série “Homens”, de Fábio Porchat, para o Comedy Central. Outro ator lembrado pela crítica é William Costa, o Piolho, da série “Pico da Neblina”, da HBO, e que também está em “Segunda Chamada”, da Globo. Por fim, também destacou o ator Luiz Navarro, de “Pico da Neblina”.

Embora eu não tenha visto quase nada na televisão neste ano, brindo com meus colegas e desejo sucesso a todos eles. Por aqui, continuo no Twitter tentando ficar por dentro do que acontece na cena televisiva do país.

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 991

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo