EM ‘A VIDA NO CENTRO’ | Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez comentam o impacto da cultura híbrida na arte e na cidade no Podcast Hackeando a Cidade

No sétimo episódio do Podcast Hackeando a Cidade, da plataforma multimídia A Vida no Centro, parceira da SP Escola de Teatro, os convidados são Ivam Cabral, diretos executivo da instituição e também dramaturgo e ator, e Rodolfo García Vázquez, coordenador de direção da escola e diretor teatral. Os dois dissertam sobre  a temática: O impacto da cultura híbrida na arte e na cidade de São Paulo.

Ambos são fundadores da Cia. de Teatro Os Satyros, a qual já apresentou mais de 100 espetáculos, visitou 20 países ao redor do mundo e, tendo sido nomeados mais de 100 vezes, foram vencedores de 53 prêmios; Dentre eles os mais importantes da cena teatral brasileira, como APCA, Shell, Mambembe, APETESP e Governador do Estado do Paraná. As salas de teatro do grupo são localizadas na Praça Roosevelt, um dos símbolos da  macrorregião central da capital paulista.

Em sintonia com a temática da plataforma de inovação social e urbana, além de dicas e análises sobre a vida cotidiana, serviços e agenda cultural dos bairros centrais da cidade de São Paulo, Rodolfo e Ivam expõem como a arte possui um potencial de transformação de território, seja simbólico, físico ou online. Tal ambição é passível de ser vista na trajetória dos Satyros; por onde o grupo passou houve mudança.

Na praça Roosevelt, por exemplo, onde também está localizada umas das sedes da SP Escola de Teatro e  onde foi promovida a reabertura do Cine Biju com o Festival Satyricine Bijou:

“Houve um intenso processo de gentrificação”, explica Rodolfo, “a região que era cheia de prédios abandonados, focos de criminalidade e prostituição foi altamente valorizada, isso ocorreu principalmente por conta da ação dos teatros, que trouxeram segurança para região, revitalizando o bairro”.

Assim, nesse processo de ressignificação o teatro recuperou a memória da praça, um espaço que, por volta da década de 1960 e 1950, era de grande efervescência cultural. Próximo ao famoso teatro de arena, foi o berço do cinema novo e da bossa nova paulistana.

Além disso, Ivam e Rodolfo também marcaram a história do teatro brasileiro contemporâneo por serem os primeiros a arriscar no teatro digital, a alternativa que surgiu durante a pandemia. No Podcast eles comentam a iniciativa e discutem acerca de suas perspectivas a respeito das transformações culturais, sociais e urbanas.

AQUI: https://avidanocentro.com.br/podcasts/cultura-hibrida-satyros/

Fonte: SP Escola de Teatro

 

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1550

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo