SP Escola de Teatro vence Prêmio Arcanjo pelo livro “Teatro de grupo em tempos de ressignificação”

Na noite de ontem (13), no icônico Teatro Sérgio Cardoso, no bairro da Bela Vista em São Paulo, aconteceu a edição 2023 do Prêmio Arcanjo, premiação da cultura e das artes criada pelo jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado, coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro.

A Escola saiu consagrada da noite, levando o Prêmio Especial por seu livro “Teatro de grupo em tempos de ressignificação: criações coletivas, sentidos e manifestações cênicas no estado de São Paulo”, lançamento do Selo Lucias.

Fruto de três anos de pesquisa, o volume de quase 900 páginas traz um levantamento inédito e de impacto para pesquisadores e entusiastas do teatro, traçando os perfis de mais de 330 grupos do Interior e Litoral do estado de São Paulo. O livro teve coordenação de Alexandre Mate, Marcio Aquiles, Elen Londero e Ivam Cabral.

Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro, e Elen Londero, à frente das relações institucionais e parcerias da Escola, representaram a SPET e receberam o troféu.

O Selo Lucias é uma iniciativa da ADAAP (Associação dos Artistas Amigos da Praça), criadora e gestora da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo.

Leia os livros do Selo Lucias gratuitamente.

Ivam Cabral e Elen Londero com o Prêmio Arcanjo: categoria Especial premiou livro do Selo Lucias. | Foto: Reprodução

 

Fonte: SP Escola de Teatro

 

Post criado 396

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo