Longevos

No Satyros, já produzimos mais de uma centena de espetáculos. Mais curioso: a maioria destes trabalhos foram apresentados mais de cem vezes. Alguns, inclusive, com marcas surpreendentes. Tanto “A Filosofia na Alcova” (2003) quanto “Os 120 Dias de Sodoma” (2006) ultrapassaram a marca de 1.000 apresentações. “De Profundis” (2003) e “Pessoas Perfeitas” (2014) fizeram até agora mais de 500 sessões.

E quando paramos para ver os números, impressiona o que está acontecendo neste momento. Enquanto ensaiamos uma nova montagem, estamos em cartaz com quatro peças: “A Arte de Encarar o Medo”, “Todos os Sonhos do Mundo” e duas versões de “The Art of Facing Fear”, uma com atores da África e Europa, outra com elenco dos Estados Unidos.
Mais incrível desta história toda é a longevidade desses trabalhos. As duas montagens brasileiras, “A Arte de Encarar o Medo” e “Todos os Sonhos do Mundo”, caminham para a 50ª apresentação – a primeira já realizou 41 sessões, e a segunda 44.

Sou canceriano, gosto de relações duradouras, rs.

*** clip da montagem americana de “The Art of Facing Fear”

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1070

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo