“EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO”

Adorno é uma referência forte no pensamento do Satyros. Sobretudo, suas obras “Dialética do Esclarecimento” e “Teoria Estética”.

Mas sábado, vasculhando as estantes da Fnac, encontrei um volume de “Educação e Emancipação” (Paz e Terra), um livro que nem sabia ter sido editado em português – eu tenho uma edição argentina da obra.

Na verdade, “Educação e Emancipação” são transcrições de algumas palestras e entrevistas radiofônicas que o pensador alemão realizou ao longo de sua vida. E é sensacional! Comecei a ler o livro ainda no sábado e não consigo deixar de pensar nele.

“Educação e Emancipação” faz todo o sentido em nosso trabalho aqui, na SP Escola de Teatro. Veja o autor fala sobre o processo coletivo, por exemplo:

“Pessoas que se enquadram cegamente no coletivo fazem de si meros objetos materiais anulando-se como sujeitos dotados de motivação própria”.

Ou a respeito da emancipação:

“A única concretização efetiva da emancipação consiste em que aquelas poucas pessoas interessadas nesta direção orientem toda a sua energia para que a educação seja uma educação para a contestação e para a resistência”.

Fica a dica!

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 773

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo