Em cartaz na Roosevelt, ator diz que criou peça ‘para não enlouquecer’

O ator e dramaturgo Ivam Cabral, um dos fundadores da Cia. Os Satyros, está em cartaz em São Paulo com o solo “Todos os Sonhos do Mundo”. A peça escrita por ele e Rodolfo García Vázquez, que também assina a direção, tem como mote disparador a depressão que acometeu Cabral a partir do início dos anos 2000.

A temporada na sede d’Os Satyros, na praça Roosevelt, região central da capital, vai até 15/12 (exceto 6/12), com sessões de quarta-feira a sábado, às 21h, e nos domingos, às 19h. Os ingressos são vendido no formato pague quanto puder, a partir de R$ 5.

A ideia de criar o espetáculo surgiu em 2014, momento em que Ivam Cabral estava lendo bastante poesia. Desde então, a dupla de dramaturgos começou a elaborar uma montagem solo multifacetada, com aspectos líricos, dramáticos e performativos. Em cena, de cara limpa, Cabral estaria em contato direto com o público, contando essas histórias duras, mas saborosas, permeando-as com a leitura de poemas, sobretudo de autores que se suicidaram ou também sofriam com depressão.

A mãe com sua alma melancólica, o tio que se tornou um ermitão, os últimos dias do irmão e melhor amigo, a história surreal e subversiva da Jane peidorreira, narrativas profundamente humanas que se transformariam, mais tarde, na base dramatúrgica do espetáculo solo que apresenta desde 2016 em diversas cidades do país. “Eu quis fazer esta peça pra não enlouquecer”, conta Ivam Cabral.

 

Fonte: Catraca Livre, 4 de novembro de 2019

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 769

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo