Os Satyros discutem ética na política com a peça “Pessoas brutas”

Treze atores no palco interpretam personagens anônimos para falar de como a corrupção torna a vida mais bruta

Por Redação Plural.jor.br

A companhia Os Satyros, de São Paulo, apresenta “Pessoas Brutas” no Festival de Curitiba 2022. O espetáculo terá apresentações nos dias 5 e 6 de abril, no Teatro Zé Maria, às 21h.

Os Satyros participaram várias vezes do Festival, mas nunca com “Pessoas brutas”. A peça parte do sequestro da filha de um doleiro denunciado no “esquema da rachadinha”. Os destinos de vários personagens se cruzam em uma teia de relações violentas em que buscam figuras heroicas para dar sentido a uma vida sem esperança.

Trilogia das Pessoas
“Pessoas brutas” discute a viabilidade da ética num Brasil moralmente arrasado e faz parte da Trilogia das Pessoas, completa com “Pessoas perfeitas” e “Pessoas sublimes”. Os três espetáculos se concentram em personagens anônimos da capital paulista.

Assim, o grupo pretende refletir sobre o momento atual a partir da ideia de heroísmo. Porém, os Satyros olham para a figura do herói de forma desencantada. Não existe, heróis. Há apenas empreitadas heroicas equivocadas ou egoístas. Os artistas propõem a seguinte provocação: “Se não temos mais heróis, a quem recorrer?”.

Festival de Curitiba
Para conferir a programação completa e comprar ingressos on-line, acesse o site oficial do evento (aqui). Também é possível comprar ingressos na bilheteria do Festival de Curitiba, no piso L3 do Shopping Mueller. A programação tem ainda vários espetáculos gratuitos e outros em que você paga o que puder ou quiser.

 

Fonte: Plural Curitiba

Post criado 396

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo