MICHEL TELÓ, O EXÉRCITO ISRAELENSE E A BOMBA ATÔMICA DO IRÃ

Soldados israelenses dançando ao som de Michel Teló

Pelo menos nesta semana, Michel Teló é mais perigoso para o exército de Israel do que a bomba atômica do Irã.

Tudo deve ter começado com o Cristiano Ronaldo comemorando um gol pelo Real Madrid. Depois, veio o tenista Rafael Nadal, o Neymar e, pronto, a sorte havia sido lançada para o sertanejo pop Michel Teló que, nos últimos dias, foi protagonista de episódios curiosos na terra de Golda Meir e Yitzhak Rabin.

Em Israel, todo jovem ao completar 18 anos, independentemente do sexo, é obrigado a prestar o serviço militar. Todo jovem, vírgula.

Num país, onde seus cidadãos – judeus, muçulmanos ou cristãos –, supostamente são israelenses, o exército, no entanto, é composto única e exclusivamente por judeus. Israelistas, portanto.

Sim, um cidadão israelense, se não for israelita –  judeu, por conseguinte – não fará parte do exército de Israel.

Mas isso, na verdade, não interessa muito agora porque estamos falando de Michel Teló e você deve estar me perguntando o por quê disso tudo.

Então, há umas semanas, no norte de Israel, entre as fronteiras da Síria com o Líbano, um grupo de jovens soldados postaram no YouTube um vídeo onde dançavam a canção “Ai se eu te pego” em cima de tanques de guerra. Aliás, e diga-se de passagem, com uma dramaturgia bastante elaborada.

Imediatamente, o vídeo teve milhares e milhares de acessos pelo mundo e os meninos de Israel foram presos por insubordinação. Imediatamente o vídeo foi apagado.

Aconteceu que, também de maneira muito rápida e num gesto de rebeldia, jovens de outros pontos e comandos do exército do país, em apoio aos colegas prisioneiros, começaram a postar vídeos no YouTube, sempre dançando ao som de Teló. Só que desta vez, sem a identificação de seus rostos.

E os vídeos viraram febre. Pelo menos em Israel não se fala em outra coisa.

O grande comando militar de Israel, nos últimos dias, deixaram pra lá a problemática questão da bomba atômica do Irã para se preocuparem com o Michel Teló.

Em tempo: “Ai se eu te pego” é sucesso em todas as pistas de dança de Tel Aviv. A música, que abre a “Power Hits 2011” – a principal coletânea da temporada européia, que tráz, além de Teló, Lady Gaga, Raihana e Black Eyed Peas–, no dia de ontem, segundo o SoundHound mundial, foi a segunda mais tuitada, perdendo apenas para “Someone Like You”, de Adele.

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 874

2 comentários em “MICHEL TELÓ, O EXÉRCITO ISRAELENSE E A BOMBA ATÔMICA DO IRÃ

  1. Estive agora na Italia, França, Espanha e Portugal e em TODOS os países tive que ouvir Michel Teló !!! Em todo lugar, traduzido para a lingua ou não (vi nas duas “versões”) só se toca Michel Teló !!! Até na festa de ano novo, na casa de amigos franceses (e não por uma “homenagem” a nós brasileiros), era Michel Teló a música mais dançada na pista! Uma loucura !!! E eu, “alienada”, tinha saído do Brasil sem saber que essa música que a gente canta mas nem sabe onde aprendeu, era gravação dele !!! Michel Teló se propagou mais rápido que um virus !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo