FESTIVAL DE CURITIBA TAMBÉM CONTA COM LANÇAMENTO DE LIVROS

Confira a programação especial. Livro é de autoria de Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro e fundador da Cia de Teatro Os Satyros

Confira a programação especial. Livro é de autoria de Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro e fundador da Cia de Teatro Os Satyros
Reprodução
O 30º Festival de Curitiba será uma edição para aplaudir os fazedores da cena e celebrar a grandeza das artes. Por isso, além das peças, encontros, debates e oficinas, os lançamentos de livros também farão parte da edição 2022.
Os eventos de lançamento serão na Alfaiataria Espaço de Arte (R. Riachuelo, 274), sempre às 11h, e são gratuitos.
No dia 3 de abril, a Editora Cobogó traz para o público do Festival a Coleção Dramaturgia, que publica, desde 2012, textos de dramaturgos da cena teatral brasileira e internacional. Os livros ajudam a construir a memória do teatro do nosso tempo, marcando um novo registro do cenário da dramaturgia contemporânea.
Em 2015, a Cobogó lançou ainda a Coleção Dramaturgia Espanhola e em 2019 a Coleção Dramaturgia Francesa e a Coleção Dramaturgia para Crianças. São mais de 50 autores publicados em 80 títulos lançados.
A Coleção Dramaturgia publica, desde 2012, textos de dramaturgos da cena teatral brasileira e internacional
Reprodução
A obra “Forças de um corpo vazado” é a síntese de um trabalho voltado intensamente para o teatro, e para o corpo como forma de expressão, de arte e de liberdade e será lançado no dia 6 de abril.
O livro mistura as “personas” de Ana Kfouri como atriz, diretora e professora, aprofundando em texto e imagem a pesquisa de linguagem que a autora vem desenvolvendo. Partindo do diálogo com a obra de Valère Novarina, este livro é, antes de tudo, um entrelaçamento de práticas e saberes criados/inventados/aprendidos ao longo de uma trajetória ímpar como artista.
No dia 7 de abril é a vez dos “40 anos do Grupo Galpão – tempos de viver e de contar”.
O Grupo Galpão é uma das companhias mais importantes do cenário teatral brasileiro, cuja origem está ligada à tradição do teatro popular e de rua. Criado em 1982, o grupo desenvolve um teatro que alia rigor, pesquisa, busca de linguagem, com montagem de peças que possuem grande poder de comunicação com o público.
Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro e fundador da Cia de Teatro Os Satyros, lançará seu primeiro livro no Festival de Curitiba, no dia 8 de abril.
“Entre o nada e o infinito – Crônicas, reflexões e memórias digitais”, é escrito por ele, organizado por Marcio Aquiles, catalogação de Cibele Custódio e José Paulo Canuto, arte de Ciro Fernandes, com prefácio do renomado dramaturgo Lauro César Muniz, autor de obras importantes da televisão brasileira como “O Casarão” (1976), “Roda de Fogo” (1986) e “O Salvador da Pátria” (1989).
O Grupo Galpão é uma das companhias mais importantes do cenário teatral brasileiro, cuja origem está ligada à tradição do teatro popular e de rua.

Post criado 126

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo