Os Cantos de Portugal

Entre 1995 e 2008, em Curitiba, apresentei na Radio Paraná Educativa o programa Os Cantos de Portugal, aos sábados, às 18h. Muita saudade desse tempo. Fazer rádio foi uma experiência incrível! O programa era transmitido nas faixas AM e FM. Das maiores saudades deste tempo, as cartas que eu recebia dos ouvintes do programa, que […]

Ajudei a escrever um livro finlandês, editado no Reino Unido, sobre modelos de educação no mundo

Juntamente com Marcio Aquiles e Rodolfo García Vázquez, escrevi o capítulo 6 do livro “Acessibilidade, Aprendizagem Mútua e Novas Abordagens Pedagógicas: Desenvolvendo uma Escola Profissional de Teatro em Mato Grosso, Brasil” (Accessibility, Mutual Learning, And New Pedadogical Approaches: Developing A Professional Theatre School In Mato Grosso, Brazil) para o livro “Critical Articulations of Hope from […]

All the dreams of the world

Last week, in this column, I tried to summarize the inheritance of the 1960s – at least the inheritance they left in me. I wrote that the 1960s invented neither the splendor nor the radical leftist militancy. So they invented what? The most relevant proposition of those years seems to me to have been (and […]

Trabalho, afeto e gratidão

Sou diretor executivo da Associação dos Artistas Amigos da Praça, a Adaap, desde a sua fundação, em 2010. Nossa entidade gere, dentre vários projetos, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, criada pelo Governo do Estado de São Paulo e mantida por meio da parceria com a Secretaria de […]

Sobre o futuro

Com o tempo vai doer mais, muito mais. É mentira que o tempo cura tudo. O tempo cicatriza, fecha a ferida. Mas a fissura vai te fazer lembrar, todo dia, da fenda que te fez chorar. Acontece que a gente se acostuma ao sofrimento. E isso deixa a gente mais vulnerável. Nunca mais forte. Tolo […]

Eu, por mim mesmo

Meu pai, José Francisco, era pedreiro e analfabeto. Minha mãe, Eunice, era costureira e frequentou até a quarta série do primário. Eles têm uma história teatral. Ambos paranaenses, conheceram-se em Wenceslau Brás, cidade natal de minha mãe. Ela, evangélica, que vivia na zona rural, estava na cidade na casa de uma irmã mais velha e […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo