Companhia de Teatro Os Satyros abre 5ª edição do FestLuso

No espetáculo de abertura, Os Satyros abordam a relação e a obra dos poetas franceses Paul Verlanine e Arthur Rimbaud (foto: Andre Stéfano)

por Isabel Cardoso

A 5ª edição do Festival de Teatro Lusófono será realizado no período de 26 a 31 de agosto e terá em sua abertura o espetáculo Inferno na Paisagem Belga, da Companhia de Teatro Os Satyros. A peça será encenada a partir das 20h30, no Theatro 4 de Setembro. O evento contará com apresentações no Theatro 4 de Setembro, Teatro do Boi, Teatro da Estação e nas ruas de Teresina.

Para o coordenador geral do evento, Francisco Pellé, o Festival de Teatro Lusófono será, mais uma vez, a confraternização da arte, da cultura, da política de ocupação teatral e da sociedade discutida através da abertura das fronteiras de linguagem e linguística socioculturais, reunindo a língua portuguesa sem tradução nos palcos da lusofonia.

No espetáculo de abertura, Os Satyros abordam a relação e a obra dos poetas franceses Paul Verlanine e Arthur Rimbaud, que se conheceram em uma Paris pós-Comuna e viveram tórrido romance que impactou a obra de ambos de forma radical e, consequentemente, a história da Poesia Moderna.

Programação
No dia 27, no 4 de Setembro, o Grupo de Teatro Cultural Português IC – Mindelo – Cabo Verde, vai encenar o Teorema do Silêncio. Na quarta-feira, dia 28, Grupo Teatral Henrique Artes, de Luanda, vai apresentar a peça A Orfã do Rei. No dia 29, o Grupo de Teatro Mutumbela Gogo, de Moçambique, apresenta “Há Tigres no Cogo?”.  Na sexta, dia 30, Quinta Parede/Grupo Cassefaz, de Portugal, traz ao palco do 4 de Setembro a peça “O Medo Azul”. No último dia, às 19h, o Theatro fecha sua programação com o Grupo Harém de Teatro, do Piauí, com Abrigo São Loucas. Logo depois, às 21h, a Companhia Santa Ignorância Cia. De Artes, de São Luís, apresenta “Pão com Ovo”.

Durante o festival, o Teatro do Boi será palco dos espetáculos Desespero, com o Grupo de Teatro do Centro Cultural do Mindelo, Cabo Verde; Expedição AsaCASAbra, com o Mágico Rapha Santacruz, de Recife; Salamaleque, uma história das arábias, com o Teatro Extremo de Portugal; Boa Noite Cinderela, com a Companhia A.S.S de Dança e Teatro, Teresina; Frente a Frente com  Deus, com o Grupo da Universidade São Tomás de Moçambique; Pink, um musical de todas as cores, com Cia de Teatro da Tribo, Teresina;.

No Teatro da Estação estarão em cartaz as peças Apareceu a Margarida, com o Grupo Mosay de Teatro, de Teresina; O TEATRO de Ema Santos, com o Grupo de Teatro Grito, de Almada (Portugal); Os Sobreviventes, com a Oficina Permanente de Teatro Procópio Ferreira, de Teresina; Enquanto Shakespeare Não Vem, com o Grupo Cordão de Teatro, de Açailândia no Maranhão. Na Praça Pedro II, o teatro de rua terá o espetáculo Red Chocolate, com oEnano Torres Free Artist – Street Clown.

Durante o festival serão realizadas as oficinas de figurino com Chico Coimbra, clown, com Enano Torres; e haverá ainda workshop de Mágicas, co Rapha Santacruz.

A programação tem ainda seminários de teatro afro-brasileiro, lançamento de livros e shows com Velha Gaiteira, de Portugal, e as bandas Os Caiporas, Ana Virgínia e banda, Narguilé Hidromecânico, Lado Blues, Full Reggae.

O festival conta com o patrocínio da OI e o apoio cultural da Oi Futuro, Governo do Estado, através da Fundação Cultural do Piauí, PMT.

Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí, 23 de agosto de 2013

Ator, roteirista e cineasta. Co-fundador da Cia. Os Satyros e diretor executivo da SP Escola de Teatro.
Post criado 1068

Um comentário sobre “Companhia de Teatro Os Satyros abre 5ª edição do FestLuso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo