“Pessoas Perfeitas”, a partir do dia 15, no Satyros Um, é assim:

Medalha (Julia Bobrow) é uma jovem mística que busca experiências espirituais. Ela vem do interior para morar no centro de São Paulo, fugindo da solidão depois da morte dos pais, sonhando com novos horizontes. Medalha irá frequentar a Igreja das Pessoas Perfeitas com seu novo namorado, Binho (Henrique Mello), que é garoto de programa.

Os pais de Binho, o açougueiro Robalo (Eduardo Chagas) e sua esposa Cacilda (Marta Baião), moram na periferia de São Paulo e perderam o contato com o filho. Vivem diariamente a esperança de ter notícias dele, mas inutilmente. Robalo eventualmente frequenta linhas de disque amizade, onde conhece Sarah (Ivam Cabral).

Sarah é o codinome de Ruy, filho de dona Esperança (Rebeca Friedmann/Alessandra Fiorinda Giovannoli). Ruy dedica-se diariamente a cuidar da mãe idosa, que tem Alzheimer. Mas na madrugada, altera sua voz e faz contato com pessoas, homens e mulheres, através de linhas de disque amizade.

A irmã de Ruy , Maristela (Adriana Capparelli), teve sonhos de ser uma cantora reconhecida quando jovem. Hoje tem câncer de laringe e está fadada à morte. Trabalha como caixa em uma boate na zona central da cidade. Ela ainda alimenta uma paixão doentia, há 20 anos, por Elder (Fábio Penna), um escritor decadente, que vive pelas madrugadas declamando seus poemas e vivendo à base de cocaína e uísque.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.