Geral House of Aion, em Pafos, onde será apresentada a peça "Lisístrata"

Publicado em maio 31st, 2016 | por Ivam Cabral

0

SP Escola de Teatro abre intercâmbio no Chipre para aprendizes mulheres

 

A SP Escola de Teatro, em parceria com a alemã Folkwang Universität der Künste, abre quatro vagas para intercâmbio cultural na cidade de Pafos, no Chipre. As inscrições, que ficam abertas entre 20 de maio e 17 de junho de 2016, são exclusivas para aprendizes mulheres dos Cursos Regulares de Atuação e Humor. A iniciativa é uma ação do Programa Kairós. Veja o edital completo.

 

Ao lado de Aarhus, na Dinamarca, a cidade de Pafos será a Capital Europeia da Cultura em 2017. Um dos principais projetos que envolvem esta celebração será a encenação de “Lisístrata”, de Aristófanes, em um projeto multicultural com elenco integralmente feminino. As quatro aprendizes da SP Escola de Teatro devem contracenar com outros quartetos de mulheres do Chipre, da Alemanha e da Nigéria. A residência artística ocorre de 19 de abril a 14 de maio de 2017.

 

Para se inscrever, é necessário enviar e-mail para intercambio@spescoladeteatro.org.br com o título CHAMAMENTO CHIPRE 2016, assim, em caixa alta. A mensagem deve conter a ficha de inscrição devidamente preenchida e uma carta de intenção escrita em inglês, na qual a aprendiz deve expor os principais motivos em querer participar do processo seletivo e descrever habilidades pessoais e artísticas que a tornam apta a representar a Escola no intercâmbio.

 

As candidatas devem estar matriculadas na Escola e ter cursado, no mínimo, dois módulos — quando egressas, devem ter cursado os quatro módulos. A fluência no idioma inglês é um requisito.

 

A seleção se dará em três fases. A primeira, que ocorre no próximo dia 22 de junho, é a de entrevistas. Depois, as candidatas selecionadas participarão de uma audição com Brian Michaels, diretor da montagem de “Lisístrata”, que ocorre no dia 2 de agosto. Ele escolherá as aprendizes que participarão da terceira etapa do processo: um workshop nos dias 3 e 4 de agosto. Nos encontros, ele conduzirá um processo de investigação cênica e, finalmente, selecionará as quatro aprendizes aptas ao intercâmbio.

 

O programa custeará as passagens aéreas, a hospedagem no Chipre e diárias durante o período da viagem. O seguro-viagem e outros gastos eventuais ficam por conta das beneficiadas. Como contrapartida, as aprendizes selecionadas devem desenvolver um plano de contrapartida quando retornarem ao Brasil.


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑

  • Meus Canais