Geral erêndira

Publicado em agosto 22nd, 2014 | por qubedesign

0

Ismael Ivo, Biblioteca do Corpo e Viena: Acessibilidade pela dança

Há muitas coisas para falar sobre o projeto Biblioteca do Corpo, idealizado pelo coreógrafo e mestre Ismael Ivo e realizado em uma parceria entre a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, o Sesc e o ImPulsTanz Festival, de Viena, Áustria. A edição deste ano, a segunda com nossa parceria, acaba de gerar resultados lindos que me movem a dedicar esta coluna a esta ação.

Em primeiro lugar, é preciso reiterar a importância da dança para a principal arte sobre a qual a Escola se debruça: grande parte da evolução teatral vem da dança. Sem essa forma de manifestação, o teatro seria pouco, muito pouco, ou até mesmo nada. A dança é arte da cena, é autoconhecimento, é poesia em movimento.

Depois disso, voltemos nossos olhos para o idealizador desse programa incrível. Aqui, falaremos não apenas sobre um profissional mundialmente reconhecido, considerado um dos maiores nomes da dança contemporânea. Trataremos, sim, de um homem que, apesar de radicado na Alemanha há quase duas décadas, nasceu na Zona Leste de São Paulo, no periférico bairro de Vila Ema, quando suas ruas ainda eram de barro e, claro, poucas oportunidades nasciam delas.

Ismael Ivo foi “descoberto” pelo mundo em Salvador, Bahia, na Oficina Nacional de Dança Contemporânea. Foi lá que um dos maiores coreógrafos do mundo, Alvin Ailey, o conheceu e ficou encantado por seu talento. Sob seu convite, Ismael foi para Nova York e sua carreira, desde então, não para de crescer e se estender.

Agora, o mais bonito de tudo, ao meu ver: Ismael era um garoto pobre e negro da periferia. Com seu esforço, após lutar contra todas as estatísticas e adversidades, conseguiu ganhar o mundo e foi mais além: de jovem sem acessos, tornou-se artista e mestre gerador de acessos. Difunde seu conhecimento com os mais novos, na esperança de salvar o mundo com a dança. Em resumo, Ismael encara a arte sob a mesma perspectiva que nós, aqui na Escola: como ferramenta de acessibilidade e transformação social.

Bastaria para contar rapidamente a história de uma parceria inspiradora. Mas tem outra coisa que nos causa grande orgulho: mais um intercâmbio artístico internacional, dessa vez (como na edição de 2013) com Viena, a capital austríaca.

Foi ali, numa das mais belas e desenvolvidas cidades do mundo, que os 15 bailarinos bolsistas do programa participaram de um estágio no ImPulsTanz Festival, que é um dos mais relevantes eventos do circuito mundial. Com gastos de estadia, alimentação e traslados cobertos, eles tiveram acesso a aulas programadas, workshops e ingressos para assistir aos 20 espetáculos apresentados na programação.

No retorno para o Brasil, as ações continuam. Amanhã (23) e domingo (24) , os jovens bailarinos apresentam o espetáculo de dança “Erêndira”, no Sesc Pinheiros, criado como resultado da experiência no projeto. O espetáculo é inspirado no realismo fantástico de Gabriel García Márquez e gira em torno da história de uma jovem prostituta. A montagem tem direção e coreografia de Ismael Ivo e acaba de estrear na Áustria, no ImPulsTanz.

O Biblioteca do Corpo finaliza com uma série de eventos formativos na SP Escola de Teatro. Por aqui, serão realizadas duas mesas de discussão com a equipe de bailarinos e equipe técnica do projeto. Ismael ministra, ainda, um workshop aos aprendizes de Atuação e Humor. E, finalmente, no dia 2 de setembro, os artistas fazem uma sessão da versão pocket de “Erêndira” em nosso território. Quanta honra!


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑

  • Meus Canais